Cursos E-Learning
– Duração inferior a 20H
Primeiros Socorros Psicológicos | 11ª Edição

Data: 25 de Setembro de 2019 (Quarta-feira) | Horário: 19h00 às 23h00 | Preço: 20€ | Destinatários: Público em geral com interesse no tema.

Os primeiros socorros psicológicos são uma ferramenta útil para que quem se dedica ao trabalho humanitário e ao voluntariado, possa ajudar pessoas em choque ou em crise. Estas ferramentas podem ainda ser utilizadas, de forma mais geral, em diversos contextos de forma preventiva e interventiva, tal como em situações do dia-a-dia, por exemplo ataques de pânico.

Perante um evento crítico, as pessoas podem ficar desorganizadas ou afetadas por emoções intensas, mostrando apatia ou desespero. Assim, os primeiros socorros psicológicos têm como objetivo proporcionar apoio humano básico; fornecer informação prática; e mostrar empatia, preocupação, respeito e confiança nas capacidades do indivíduo para superar as dificuldades (estratégias de coping).

Assim, reconhecendo a relevância desta temática, o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional promove o Workshop “Primeiros Socorros Psicológicos: Teoria e Prática”, com os seguintes objetivos e conteúdos:

Objetivos:

  1. Conhecer conceitos enquadradores da Psicologia de Emergência;
  2. Conhecer as principais características do comportamento humano em situações de emergência;
  3. Identificar os objetivos e princípios dos Primeiros Socorros Psicológicos;
  4. Conhecer técnicas de intervenção de Primeiros Socorros Psicológicos;
  5. Saber aplicar o Modelo dos Primeiros Socorros Psicológicos;
  6. Conhecer medidas de autoproteção para técnicos.

Conteúdos Programáticos:

  1. Conceitos Enquadradores da Psicologia de Emergência:
  • Definição e Caracterização de Incidente Crítico e de Incidente Traumático;
  • Definição e Conceptualização de Stress e de Coping;
  1. Principais Características do Comportamento Humano em Situações de Emergência:
  • Fatores mediadores do impacto de um Incidente Crítico;
  • Reações Normais Vs reações patológicas.
  1. Objetivos e Princípios dos Primeiros Socorros Psicológicos:
  • Primeiros Socorros Psicológicos Vs Psicoterapia;
  • Definição de Primeiros Socorros Psicológicos;
  • Princípios Essenciais e Básicos dos Primeiros Socorros Psicológicos;
  • Recomendações para a aplicação dos Primeiros Socorros Psicológicos.
  1. Técnicas de Intervenção de Primeiros Socorros Psicológicos:
  • Técnicas para Modificar a ativação Fisiológica;
  • Técnicas para Modificar a ativação Emocional;
  • Técnicas para Modificar a ativação Cognitiva.
  1. Modelo de Primeiros Socorros Psicológicos
  2. Medidas de Autoproteção para Técnicos

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 22 de Setembro (inclusive)

Formadora: Dr.ª Sónia Carvalho, Psicóloga, com especialização na área clínica e da saúde. Experiência profissional em diferentes contextos da saúde, no âmbito da formação e intervenção com públicos de diferentes faixas etárias, bem como em contextos de intervenção humanitária de crise e emergência.

Autora dos artigos: “Exploração empírica dos conceitos de mindfulness e evitamento experiencial na explicação do comportamento alimentar: Indicações para o tratamento da obesidade”. Axioma – Publicações da Faculdade de Filosofia (2017); “A Personalidade na Etiologia e Progressão da Doença Física”. Portal dos Psicólogos – Psicologia.com.pt (2010).

Certificação: Cada participante receberá um certificado comprovativo da sua participação.

Introdução ao Mindfulness | 13ª Edição

Data: 26 de Setembro de 2019 (Quinta-feira) | Horário: 19h00 às 23h00 | Preço: 17€ | Destinatários: Público em geral com interesse no tema.

O Mindfulness consiste na consciência momento-a-momento. Cultiva-se esta atitude dirigindo a nossa atenção, de forma intencional, a coisas às quais normalmente não dedicamos muito tempo. É uma abordagem sistemática, para que se possam desenvolver novas formas de controlo e sabedoria nas nossas vidas, baseada nas nossas capacidades internas para relaxarmos, dedicarmos a atenção, consciência e insight ao que ocorre ao longo do dia.

Considerando a pertinência desta abordagem, o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional promove o Workshop “Mindfulness: Teoria e Prática, com os seguintes objetivos e conteúdos:

Objetivos:

Dotar de estratégias para:

  • Reduzir o stress, a ansiedade, a irritabilidade e as preocupações;
  • Aumentar e promover a sua capacidade de concentração e de memória, quer a nível pessoal, quer a nível profissional.

Conteúdos Programáticos:

1. Enquadramento Conceptual
1.1. Conceitos de Mindfulness/Atenção Plena
1.2. Piloto Automático Vs Atenção Plena
1.3. A Prática de Mindfulness

2. Estratégias e Competências de Mindfulness
2.1. Para que serve o Mindfulness?
2.2. Meditação e Respiração
2.3. Competências para a prática de Mindfulness

3. Emoções e Pensamentos
3.1. As Emoções
3.2. Os Pensamentos
3.3. Meditação e Pensamentos: Que relação?

4. Síntese Integrativa

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao, indicando os dados solicitados, até dia 23 de Setembro (inclusive).

Formadora: Dr.ª Sónia Carvalho, Psicóloga, com especialização na área clínica e da saúde. Experiência profissional em diferentes contextos da saúde, no âmbito da formação e intervenção com públicos de diferentes faixas etárias, bem como em contextos de intervenção humanitária de crise e emergência.

Autora dos artigos: “Exploração empírica dos conceitos de mindfulness e evitamento experiencial na explicação do comportamento alimentar: Indicações para o tratamento da obesidade”. Axioma – Publicações da Faculdade de Filosofia (2017); “A Personalidade na Etiologia e Progressão da Doença Física”. Portal dos Psicólogos – Psicologia.com.pt (2010).

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Introdução à PNL – Programação Neurolinguística

Data: 10 de Abril de 2020 (sexta-feira) | Duração: 8h | Preço: 20€ | Destinatários: Público em geral com interesse no tema.

Por trás dos nossos comportamentos existe uma estrutura interna de pensamentos e emoções que impactam diretamente nas nossas ações e consequentemente nos resultados que alcançamos nas nossas vidas. Por trás de toda ação existe uma razão, um motivo para agirmos. Assim, a Programação Neurolinguística (PNL) ensina-nos a pensar sobre soluções e resultados. É um modelo único e atualizado de desenvolvimento comportamental. As mudanças comportamentais ocorrem de forma efetiva, pois a PNL foca no somatório do desenvolvimento de capacidades (como fazer) juntamente com a motivação para aplicar (por que fazer).

Objetivo Geral:

  • Aprender a utilizar a PNL no quotidiano por forma a promover o próprio potencial e maximizar o potencial dos outros.

Objetivos Específicos:

  • Aprender a usar o corpo e a linguagem de forma mais eficiente;
  • Compreender os objetivos e fundamentos da PNL;
  • Conhecer o funcionamento das estruturas da mente;
  • Aprender a comunicar de forma mais eficiente;
  • Promover a resolução de conflitos positiva.

Conteúdos Programáticos:

  • O que é a PNL;
  • Princípios Básicos e Pressupostos Essenciais;
  • Contextos de aplicação;
  • Sistemas de representação;
  • Esquemas Mentais;
  • O papel das Emoções;
  • Modelos da Comunicação;
  • Estilos de Comunicação;
  • Linguagem verbal e não-verbal.

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 4 de Dezembro (inclusive).

Formadora: Dr.ª Sónia Carvalho, Psicóloga, com especialização na área clínica e da saúde. Experiência profissional em diferentes contextos da saúde, no âmbito da formação e intervenção com públicos de diferentes faixas etárias, bem como em contextos de intervenção humanitária de crise e emergência.

Autora dos artigos: “Exploração empírica dos conceitos de mindfulness e evitamento experiencial na explicação do comportamento alimentar: Indicações para o tratamento da obesidade”. Axioma – Publicações da Faculdade de Filosofia (2017); “A Personalidade na Etiologia e Progressão da Doença Física”. Portal dos Psicólogos – Psicologia.com.pt (2010).

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Alzheimer – Orientações para Cuidadores | 5ª Edição

Data: 21 de Novembro de 2018  (Quarta-feira) | Horário: 19h00 às 23h00 | Preço: 15€ | Destinatários: Psicólogos, estudantes de psicologia, outros profissionais com interesse no tema; familiares/cuidadores de pessoas com Doença de Alzheimer.

Estima-se que em Portugal existam mais de 160 mil pessoas com demência, sendo que a Doença de Alzheimer é o tipo mais comum (entre 50 a 70% dos casos de demência registados).

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa, progressiva e irreversível, que afeta as capacidades cognitivas do doente.Os sintomas iniciais  da doença incluem: perda de memória, desorientação espacial e temporal, confusão e problemas de raciocínio ou pensamento, culminando em alterações de comportamento, personalidade e da capacidade funcional da pessoa, até à total perda de autonomia.

Reconhecendo que cuidar de alguém com Doença de Alzheimer é um processo emocional e fisicamente desgastante,que pode trazer consequências negativas quer para a saúde física, quer para a saúde mental dos cuidadores (familiares ou profissionais), o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, promove o Workshop “Alzheimer – Orientações para Cuidadores” com os seguintes objetivos e conteúdos:

Objetivos Gerais:

  • Compreender a doença de Alzheimer e sua evolução;
  • Compreender o impacto da doença no doente e no cuidador.

Objetivos Específicos:

No final da ação os formandos deverão ser capazes de:

  1. Conhecer a doença de alzheimer: sinais e sintomas;
  2. Compreender o impacto da doença na vida diária do doente;
  3. Conhecer as alterações necessárias para a gestão da vida diária do doente: higiene, etc;
  4. Compreender o impacto do cuidar na vida do cuidador;
  5. Aprender estratégias para lidar com impacto da doença na vida do cuidador.

Conteúdos Programáticos:

  • A Doença de Alzheimer: Incidência, prevalência e fatores de risco;
  • Critérios de diagnóstico e importância do diagnóstico precoce;
  • Compreender a pessoa com Doença de Alzheimer;
  • Principais alterações Cognitivas, Psicológicas e Comportamentais;
  • Alterações nas atividades de vida diária e o seu impacto no doente e no cuidador;
  • Orientações aos Cuidadores: Estratégias para lidar com o doente de Alzheimer.

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 19 de Novembro (inclusive)

Formadora: Drª Sónia Carvalho, Psicóloga, com especialização na área clínica e da saúde. Experiência profissional em diferentes contextos da saúde, no âmbito da formação e intervenção com públicos de diferentes faixas etárias, bem como em contextos de intervenção humanitária de crise e emergência.

Autora dos artigos: “Exploração empírica dos conceitos de mindfulness e evitamento experiencial na explicação do comportamento alimentar: Indicações para o tratamento da obesidade”. Axioma – Publicações da Faculdade de Filosofia (2017); “A Personalidade na Etiologia e Progressão da Doença Física”. Portal dos Psicólogos – Psicologia.com.pt (2010).

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Saúde Mental na 3ª Idade: Que recursos? | 3ª Edição

Data: 21 de Fevereiro de 2019 (Quinta-feira) | Horário: 19h00 às 23h00 | Preço: 15€ | Destinatários: Familiares e/ou cuidadores de pessoas com Alzheimer e outras demências; Profissionais com interesse no tema; Público em geral, com interesse nesta temática.

A saúde mental faz parte da definição de saúde, ou seja, “estado de completo bem-estar físico, mental e social” (OMS). Apesar de nos últimos tempos se ouvir falar muito sobre saúde mental, sabe-se que é um tema pouco esclarecido e desvalorizado pela sociedade.

Devido ao aumento da esperança média de vida, sente-se a preocupação e necessidade de intervir no envelhecimento, nomeadamente nas principais alterações que lhe estão associadas. As alterações cognitivas têm um forte impacto na qualidade de vida das pessoas, pois muitas vezes estas alterações são o início de algumas patologias, nomeadamente as demências.

Verificando a pertinência desta temática, o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, promove o Workshop Saúde Mental na 3ª Idade: Que recursos?, com os seguintes objetivos e conteúdos:

Objetivos Gerais:

  • Aquisição de conhecimentos teóricos e práticos, na área do Trabalho Social e Orientações;
  • Identificar e prestar adequadamente os cuidados de saúde mental na pessoa idosa.

Objetivos Específicos:

  • Identificar as questões relacionadas com a saúde mental em geral e com a saúde mental da pessoa idosa em particular;
  • Enunciar as noções de psicopatologia da pessoa idosa;
  • Diferenciar os recursos comunitários de apoio à pessoa idosa com doença mental.

Conteúdos Programáticos:

  • Módulo I: Saúde Mental e Recursos
    • O processo de envelhecimento
    • Velhice e as alterações cognitivas
    • Definir saúde mental
    • Promoção da saúde mental
    • Saúde Mental e comunidade
  • Módulo II: Psicopatologia da pessoa idosa
    • Conceito normal e patológico
    • Definição de doença mental
    • Envelhecimento normal e patológico
    • Diferença entre Depressão e Tristeza
    • Demência
    • Alzheimer
    • Demência Vascular
    • Doença de Parkinson associados à demência
    • Perturbações sensoriais (alucinações e delírio)
    • Conselhos a ter com as pessoas idosas que apresentam perturbações sensoriais
  • Módulo III:  Recursos comunitários de apoio
    • Respostas sociais de apoio à pessoa idosa com doença mental
    • Respostas centradas no cuidado à pessoa idosa com doença mental
    • Associações de apoio
    • A Família

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 18 de Fevereiro (inclusive)

Formadora: Drª Tânia Pereira, Educadora Social, Pós-graduada em Metodologias de Intervenção em Gerontologia; Animadora Sócio – Cultural com Idosos; Formadora Certificada.

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Introdução à Psicologia de Emergência e Crise

Data: 13 de Abril de 2020 (Segunda-feira) | Duração: 20 horas | Preço: 40€ | Destinatários: Toda a comunidade de saúde e socorro; todos os interessados em adquiri conhecimentos nesta temática

Através da Intervenção Psicológica nos contextos de crise e emergência, procura-se intervir nos stressores resultantes do incidente crítico, tais como catástrofes naturais ou atos humanos de violência com sérias ameaças à integridade física e emocional das vítimas, combatendo assim o trauma psicológico e/ou as perturbações de stress pós-traumático.

Este tipo de intervenções pretende fornecer um cuidado de emergência psicológica  provisório, prestando às vítimas os primeiros socorros psicológicos para o regresso a um nível de funcionamento adaptativo e por forma a minimizar o impacto negativo do trauma psicológico. Destina-se a pessoas vítimas de abusos, violação, acidentes graves, ameaças de morte, tentativas de suicídio, morte de familiares/significativos, entre outros.

Objetivos:

  • Conhecer as principais competências subjacentes à comunicação de suporte em crise;
  • Conhecer as principais diretrizes de intervenção no contexto da comunicação da má notícia;
  • Conhecer as directrizes para a sinalização de apoio psicológico de continuidade;
  • Conhecer e diferenciar os principais conceitos de psicotraumatologia associados à psicologia de emergência;
  • Aplicar o Modelo de primeiros Socorros Psicológicos.

Conteúdos Programáticos:

  • Módulo I: Conceitos de Emergência e Crise
  • Módulo II: Comunicação em Situações de Crise
  • Módulo III – Principais diretrizes de intervenção no contexto de comunicação da má notícia
  • Módulo IV – Principais conceitos de Psicotraumatologia associados à Psicologia de Emergência
  • Módulo V – Modelo de Primeiros Socorros Psicológicos

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 10 de Abril (inclusive)

Formadora: Dr.ª Sónia Carvalho, Psicóloga, com especialização na área clínica e da saúde. Experiência profissional em diferentes contextos da saúde, no âmbito da formação e intervenção com públicos de diferentes faixas etárias, bem como em contextos de intervenção humanitária de crise e emergência.
Autora dos artigos: “Exploração empírica dos conceitos de mindfulness e evitamento experiencial na explicação do comportamento alimentar: Indicações para o tratamento da obesidade”. Axioma – Publicações da Faculdade de Filosofia (2017); “A Personalidade na Etiologia e Progressão da Doença Física”. Portal dos Psicólogos – Psicologia.com.pt (2010).

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Animação em Geriatria: Conceitos, Princípios e Técnicas

Data: 28 de Fevereiro de 2019 (Quinta-feira) | Horário: das 19h às 23h | Duração: 4 horas | Preço: 15€ | Destinatários: Profissionais da área da animação e da área social; Técnicos de Formação/ Educação; Auxiliares de Geriatria; Outros com interesse na temática.

A animação de idosos é fundamental na atualidade, tendo em conta a importância da qualidade de vida e bem-estar dos idosos. Representa um conjunto de técnicas e passos, com vista a facilitar o desenvolvimento de uma vida mais ativa, criativa, assim como promover uma melhoria nas relações e na comunicação com os outros. Sobressai-se também pela contribuição que dá na participação na vida da comunidade da qual o idoso faz parte, desenvolvendo a personalidade, trabalhando a autoestima e a sua autonomia.

Verificando a pertinência desta temática, o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, promove o Workshop Animação em Geriatria: Conceitos, Princípios e Técnicas, com os seguintes objetivos e conteúdos:

Objetivos Gerais:

  • Compreender o que é a animação e os seus princípios, assim como papel do animador.
  • Conhecer a importância da animação e da comunicação na vida dos idosos.
  • Planificar e avaliar uma sessão de atividades / jogos.

Objetivos Específicos:

  • Reconhecer a importância de comunicar e de compreender a pessoa idosa.
  • Reconhecer a importância da animação nas atividades com idosos.
  • Identificar e organizar instrumentos e técnicas específicas na área da animação da pessoa idosa.
  • Reconhecer a importância da socioterapia como forma integradora da pessoa idosa.

Conteúdos Programáticos:

  1. Comunicação: Análise Transacional
    • Análise estrutural;
    • Análise das transações;
    • Carícias;
    • Posições existenciais;
    • Jogos Psicológicos;
    • Estruturação do tempo;
    • Argumento de vida;
    • Contrato.
  2.  Animação
    • A importância da animação como terapia na manutenção e desenvolvimento das capacidades e potencialidades da pessoa idosa e sua integração na comunidade.
    • Perfil do animador.
  3. Técnicas de Animação
    • Técnicas de animação de grupos;
    • Motivação;
    • Dinâmica de grupos;
    • Avaliação da aplicação das técnicas;
    • Elaboração de um guião de entrevista.
  4.  Socioterapia
    • Importância da socioterapia;
    • Trabalho produtivo e trabalho lúdico;
    • Importância do lazer;
    • Lazer e atividade;
    • A 3ª idade numa perspetiva preventiva.

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 25 de Fevereiro (inclusive)

Formadora: Drª Tânia Pereira, Educadora Social, Pós-graduada em Metodologias de Intervenção em Gerontologia; Animadora Sócio – Cultural com Idosos; Formadora Certificada.

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

O Brincar e Jogo Simbólico | 4ª Edição

Data: 31 de Julho de 2019 (Quarta-feira) | Horário: das 19h às 23h | Duração: 4 horas | Preço: 17€ | Destinatários: Público em geral; profissionais interessados na área, comunidade educativa e pais/cuidadores.

O Brincar e o Jogo fazem parte das atividades diárias das crianças representando assim uma função desenvolvimental e promotora do saudável crescimento.

É através do brincar e do jogo que a criança explora o meio que a rodeia permitindo a sua descoberta e a dos outros, rumo à construção da sua entidade. O simbolismo inerente às brincadeiras é o mecanismo que permite tal descoberta e construção, funcionando como uma âncora para a criação das representações mentais da criança. Além da componente identitária, o brincar e o jogo ajudam na promoção de diversas capacidades, como o raciocínio, criatividade, psicomotricidade e ainda possibilitam a criação de relações interpessoais fortes e saudáveis.

Por tal valor, atualmente importa ainda descobrir junto dos pais e dos vários cuidadores como incorporar o brincar e o jogo no quotidiano da família e do sistema educativo, ainda que pareça uma tarefa impossível perante tanta azáfama e pressões externas. É neste contexto que o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, promove o Workshop O Brincar e Jogo Simbólico, onde se irá refletir sobre a relevância das atividades infantis, propondo os para tal os seguintes objetivos e conteúdos:

Objetivos Gerais:

  • Entender o Brincar e o Jogo como um meio simbólico de expressão.
  • Conhecer o uso do Brincar e do Jogo como métodos terapêuticos eficazes.
  • O Brincar e o Jogo como ferramentas diárias para o saudável desenvolvimento da criança.

Objetivos Específicos:

  • Aliar o Brincar e o Jogo às etapas desenvolvimentais da criança.
  • Enquadrar o brincar e o jogo na atual sociedade e reconhecer a sua importância nos diferentes contextos.
  • Entender o brincar como uma atividade promotora do raciocínio, da criatividade, das relações interpessoais e familiares saudáveis.
  • Compreender o brincar como um meio para a regulação emocional e física e como ponte para a construção da identidade.
  • Desenvolver estratégias lúdicas que permitem o uso do brincar e do jogo no sistema educativo, na parentalidade e na restante comunidade.

Conteúdos Programáticos:

  1. Enquadramento

1.1. O brincar e o jogo na atualidade

1.2. O papel das novas tecnologias

1.3. Etapas do desenvolvimento infantil: a perspetiva de Piaget e de Freud

  1. Funções do Brincar e do Jogo

2.1 O simbolismo no mundo da criança

2.2. A cognição, a socialização e as emoções

2.3. Construção de identidade

  1. Brincar, Jogar e Educar

3.1. As diferentes formas de brincar

3.2. O brincar e a parentalidade

3.3. O brincar e a escola

3.4. Estratégias lúdicas

4. Síntese integrativa

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 28 de Julho (inclusive).

Formadora: Dr.ª Ana Paula Mendes, Psicóloga Clínica, com subespecialização na área Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas. Formadora certificada e autora da comunicação oral no IV congresso OPP: “A função contentora na parentalidade e construção de identidade: Estudo de Caso” (2018).

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Perturbações Alimentares na Adolescência | 2ª Edição

Data: 25 de Julho de 2019 (Quinta-feira) | Horário: das 19h às 23h | Duração: 4 horas | Preço: 17€ | Destinatários: Público em geral; Profissionais (Psicólogos, Professores, Enfermeiros, entre outros); comunidade educativa; pais/cuidadores.

A adolescência é descoberta e definição: vamos ao nosso encontro, enquadramo-nos num grupo social e estruturamos a nossa identidade. É também um turbilhão: uma tempestade emocional, instabilidade e caos, a procura pela aceitação e integração enquanto pessoas. É nesta fase que a aceitação num grupo, na família, pode significar várias dificuldades e quando as mesmas não encontram sentido podem manifestar-se fisicamente. É assim que o corpo e mente falam, através dos sintomas – um corpo físico que procura os padrões sociais estimados e um corpo mental que procura definir-se, mas não encontra respostas nem uma base segura. As perturbações do comportamento alimentar surgem muitas vezes neste contexto, através de uma necessidade de ser aceite e amado, direcionando assim os pensamentos e emoções para a forma e peso corporal idealizado, em busca do preenchimento afetivo e da anulação do afeto negativo.

É neste contexto e considerando a relevância da temática que o Horizontes – Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, promove o Workshop Perturbações Alimentares na Adolescência, propondo os seguintes objetivos e conteúdos programáticos:

Objetivos Gerais:

  • Identificar os vários tipos de patologia alimentar e compreendê-los num contexto biopsicossocial: o comportamento alimentar enquanto sintoma.
  • Analisar a fase da adolescência enquanto descoberta e construção de identidade.
  • Identificar formas de lidar com estas dificuldades no seio familiar e comunitário.

Objetivos Específicos:

  • Identificar os processos inerentes à fase desenvolvimental da adolescência;
  • Analisar a importância do contexto e dos padrões sociais na etiologia das perturbações do comportamento alimentar;
  • Identificar factores de risco para as perturbações alimentares;
  • Identificar os vários tipos de perturbações alimentares: Anorexia Nervosa, Bulimia Nervosa e Perturbação de Ingestão Compulsiva;
  • Compreender o fenómeno numa perspetiva familiar e social: estratégias para lidar com tais problemáticas.

Conteúdos Programáticos:

  1. Enquadramento

1.1. O que são perturbações do comportamento alimentar

1.2. Qual a prevalência das perturbações do comportamento alimentar

1.3. Factores de risco para as perturbações do comportamento alimentar

  1. Tipos de perturbações do comportamento alimentar

2.1. Anorexia Nervosa

2.2. Bulimia Nervosa

2.3. Perturbação de Ingestão Compulsiva

  1. A adolescência e as Perturbações do Comportamento Alimentar

3.1 Aspetos desenvolvimentais: o que acontece na adolescência?

3.2. A cognição, a socialização e as emoções – Construção de identidade

3.3. As pressões sociais e o papel da vinculação

3.4. O que está por de trás da perturbação alimentar?

  1. Estratégias para lidar para as perturbações do comportamento alimentar
  2. Síntese integrativa

Inscrições: Preencha o formulário em centrohorizontes.pt/inscricao,  indicando os dados solicitados, até dia 22 de Julho (inclusive).

Formadora: Dr.ª Ana Paula Mendes, Psicóloga Clínica, com subespecialização na área Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas. Formadora certificada e autora da comunicação oral no IV congresso OPP: “A função contentora na parentalidade e construção de identidade: Estudo de Caso” (2018).

Certificação: Inclui Certificado de Participação.

Inscrição